Santi & Tuğçe reescreveram o folclore paraguaio em 'El Regreso del Gallito'

A primeira parceria da dupla composta pela cantora turca e o produtor do Paraguai é uma mistura bem dosada do tradicional e o moderno, o folclórico e o futurista.

|
mai 18 2016, 9:35pm

Em 1934, o maestro José Asunción Flores compõe a primeira de suas muitas obras que ficaram marcadas no folclore paraguaio, "Gallito Cantor". A canção fala sobre o retorno de um homem misterioso à sua terra natal e, oitenta anos depois de composta, ainda inspira e reverbera na música contemporânea do Paraguai — como, por exemplo, na faixa que abre o primeiro projeto entre o compositor paraguaio Santiago Ferreira, ou Santi, com a cantora turca Tuğçe Kurtiş, "Gallito".

El Regreso del Gallito, na verdade, é por completo uma mistura bem dosada do tradicional e o moderno, o folclórico e o futurista, o orgânico e o sintético. Descrito como "uma interpretação em forma de romance dos elementos folclóricos do Paraguai", o projeto mistura as produções calculadas de Santi com o vocal suave de Tuğçe; como pano de fundo, belas peças orquestrais e instrumentais grandiosos.

Em "Doña Antonia", por exemplo, a dupla pega emprestada a sonoridade tango dos vizinhos argentinos e compõe uma faixa mística e dançante enquanto contam a história de uma curadora que viaja todos os dias de sua casa no interior do Paraguai a Assunção e possui a cura para todos os males. Já em "La Revancha del Arpa", a suavidade da harpa paraguaia se funde à igualmente doce voz de Tuğçe numa só terna melodia.

Para acompanhar o trabalho, o artista visual norte-americano Scott Patridge se encarregou da arte do disco. Escute El Regresso del Gallito, que sai pela Frente Bolivarista:

Santi & Tuğçe estão no Facebook.

Siga o THUMP nas redes Facebook // Soundcloud // Twitter.