OVO Sound

Um guia completo com todas as músicas sampleadas pelo Drake em “Views”

O quarto disco de estúdio do rapper de Toronto tem colagens sonoras que vão de Beenie Man a Timmy Thomas.

|
mai 4 2016, 12:00pm

OVO Sound

Em uma entrevista de 2015 à The FADER, Drake descreveu como sua relação com o produtor de longa data e cofundador da OVO Sound Noah "40" Shebib evoluiu com o passar dos anos, dizendo: "Ele costumava ser o cara que ia me achar em quartos de hotel às quatro da manhã. E hoje ele não é mais esse cara — agora tenho outro que faz isso. Se quero fazer um disco exatamente do meu jeito, tenho que procurar por ele. Tenho que sentar para conversar com ele, e nós temos que trabalhar duro de verdade."

Os termos da parceria entre os dois talvez tenham mudado desde que o criador de sucessos começou a trabalhar com Aubrey Graham em 2005, mas não há ninguém que compreenda melhor as necessidades do rapper de Toronto. Para seu muito esperado quarto disco, Viewslançado na semana passada após uma extensa entrevista a Zane Lowe na Beats 1 — Drake não usou muita gente de fora na produção, que contou com contribuições de PartyNextDoor, Majid Jordan, Nineteen85 (da dupla de R&B dvsn), e outros.

Ainda assim, a presença de 40 é a de maior destaque, sendo creditada na maioria das 19 faixas do disco. Embora em certas partes o disco pareça frio e disperso em termos emocionais e musicais, há também momentos de genuíno calor humano, especialmente em faixas como "Controlla" e "One Dance", que se inspiram em um leque de influências internacionais, incluindo o raggae dancehall e o UK funky. De Beenie Man a The Winans, aqui está o nosso guia sobre todas as músicas sampleadas em Views.

Beenie Man, "Tear Off Mi Garment"

Sampleada em: "Controlla"

Seguindo a deixa do clipe de "Work", da Rihanna, que foi filmado no restaurante The Real Jerk, em Toronto, a música mais contagiante do disco, enfatiza o rico legado jamaicano presente na cidade usando palavras do veterano do dancehall.

Brandy, "I Dedicate, Pt. 2"

Sampleada em: "Fire & Desire"

Lembra de quando o Drake soltou aquela música póstuma do Aaliyah feita nas coxas? Essa aqui é uma homenagem muito superior aos anos 90.

DJ Paleface feat. Kyla, "Do You Mind (Crazy Cousinz Remix)"

Sampleada em: "One Dance"

A anglofilia de Drake é um fato bem documentado, desde sua colaboração com Jamie xx até sua amizade com Skepta e aliança com o povo do grime da BBK. A melhor influência britânica, contudo, é o remix UK funky feito por Crazy Cousinz do sucesso do piano house lançado por Kyla em 2008, "Do You Mind", que fornece a base para um dos pontos altos de Views, a faixa "One Dance". Como a cantora reagiu? "Achei que fosse uma pegadinha digna de 1º de abril. Não é todo dia que você recebe um telefonema do Drake", contou ela ao Noisey numa entrevista recente.

DMX feat. Faith Evans, "How's It Goin' Down"

Sampleada em: "U With Me?"

Apesar dos estranhamentos — incluindo uma entrevista de 2012 ao Breakfast Club em que DMX declarou: "Não há nada que eu goste no Drake" — as coisas parecem estar mais nos conformes entre X e o rapper de Toronto nos últimos tempos. Interpolar uma dupla de clássicos do astro da Ruff Ryders talvez pareça uma escolha bizarra para um artista cuja fama não é exatamente de ser... durão, mas a coisa se harmoniza com as rimas ostentação da faixa.

DMX feat. Sisqo, "What They Really Want"

Sampleada em: "U With Me?"

Aliás, o DMX vai teoricamente lançar um novo disco esse ano, o primeiro desde Disputed, de 2012

Ha-Sizzle, "She Rode That Dick Like A Soulja"

Sampleada em: "Child's Play"

Como "Formation", de Beyoncé, "Child's Play" se inspira na cultura bounce de Nova Orleans, dessa vez sampleando uma das faixas mais famosas de Ha-Sizzle. Ao contrário do que aconteceu com a faixa de Lemonade, que era urgente e tinha uma mensagem política, o sample é usado como um trampolim para que Drake lave as roupas sujas em público.

Ideal, "Get Gone"

Sampleada em: "Faithful"

Do disco homônimo de estreia do quarteto de R&B vindo de Houston, lançado em 1999.

Jay Z feat. Pimp C, "Tom Ford (Remix)"

Sampleada em: "Faithful"

Apesar de sua forte e sinistra batida estilo Timbaland, "Tom Ford", do Jay Z – faixa de seu disco espinafrado pelos críticos, Magna Carta... Holy Grail, lançado em 2013 – com certeza não é uma música boa, ainda que seja levemente redimida por um remix que conta com versos inéditos do falecido rapper do Texas Euma das metades do UGTK. Adaptada para a introdução de "Faithful", o efeito global é levemente dissonante, mas enfatiza a grande influência que Houston e o hip-hop do Sul tiveram sobre a carreira de Drake.

Malcolm McLaren, "World's Famous"

Sampleada em: "Feel No Ways"

Embora tenha se ocupado principalmente de The Life of Pablo este ano, Kanye West contribuiu com seus talentos de produtor em "U With Me?" e "Feel No Ways", a segunda das quais pega emprestado as tão usadas baterias da faixa lançada por McLaren em 1983. Coincidentemente, Pharrell também a sampleou em seu single de 2006 "Number One", também com participação de 'Ye.

Mary J. Blige, "Mary's Joint"

Sampleada em: "Weston Road Flows"

Ainda que contenha algumas das referências mais torontocêntricas do disco – incluindo, mas não se limitando a, o jogador da NBA Vince Carter, o rapper Jelleestone, e o sistema de trânsito da cidade – não há nada mais universal do que 40 mexendo numa faixa do disco que lançou ao sucesso a superstar do R&B, My Life, de 1994, com uma ajuda essencial do produtor em ascensão Stwo, um francês de 23 anos.

Mavado feat. Serani, "Dying"

Sampleada em: "9"

Ele ainda não chegou a entrar de sola e fazer um disco todo só de dancehall, mas Drake certamente não tem medo de escolher algumas pérolas do gênero, dessa vez usando um refrão desolado do disco de estreia de Mavado, Gangsta for Life: The Symphony of David Brooks, de 2007. Tematicamente, é uma continuação dos assuntos explorados por Drake em If You're Reading This It's Too Late, com o rapper refletindo sobre os símbolos exteriores do sucesso. "9" foi coproduzida por Brian Alexander Morgan, mais conhecido por seu trabalho com o trio de Nova York SWV, o que faz sentido, quando se leva em conta a predileção do rapper pelo R&B dos anos 90.

Popcaan, "Love Yuh Bad"

Sampleada em: "Too Good"

Uns versos que Popcaan mandou em uma versão vazada anteriormente de "Controlla" ficaram inexplicavelmente ausentes da versão final, deixando muitos fãs jamaicanos bolados. Esperamos que a faixa venha à luz algum dia, mas, enquanto isso, temos "Too Good", que conta com a participação de Rihanna, e que usa o sucesso "Love Yuh Bad" (2014) do astro do dancehall publicado pelo selo Mixpak.

Ray J, "One Wish"

Sampleada em: "Redemption"

"Aposto que Ray J e eu seríamos amigos."

Timmy Thomas, "Why Can't We Live Together"

Sampleada em: "Hotline Bling"

Lembra dessa? O hino do verão do ano passado entrou no Views como faixa bônus, no que pareceu uma medida astuta para garantir ao álbum um disco de platina, através do sistema revisado de certificação da Recording Industry Association of America. Apesar do tempo que já se passou, o sample do sucesso do soul "Why Can't We Live Together" (1972) movido a órgão elétrico, de Timmy Thomas – e que recebeu uma reformulação fora de série, cortesia do DJ de Los Angeles Dodger Stadium – ainda é o grande astro de "Hotline Bling".

The Winans, "The Question Is"

Sampleada em: "Views"

A meditativa conclusão de Views – que faz lembrar a obra solo de Drake "30 For 30 Freestyle", de sua mixtape colaborativa lançada em conjunto com o Future, em 2015 – toma emprestado o refrão da música lançada em 1981 pelo grupo gospel. Ela também foi usada em "Summer Sixteen", que acabou não entrando no disco.

Max Mertens está no Twitter.

Tradução: Marcio Stockler

Siga o THUMP nas redes Facebook // Soundcloud // Twitter.