Quantcast
videos

Os DJs residentes da Pulse falam depois da tragédia em Orlando

Infinite, SImon2001 e Flawless contam o que o clube significava para a noite e para a comunidade LGBT da cidade.

THUMP Staff

Para ativar as legendas em português, clique em "Settings>Subtitles>Portuguese".

Este conteúdo foi publicado originalmente no THUMP US.

No dia 12 de junho, um homem armado atacou uma boate LGBTQ em Orlando, matando 49 pessoas e ferindo 53, naquele que foi o atentado a tiros com o maior número de vítimas da história dos Estados Unidos. O ataque ocorreu nas primeiras horas da madrugada de domingo, enquanto rolava a concorrida Noite Latina da Pulse. Três dos DJs que se apresentavam na boate naquela noite — DJ Infinite, DJ Simon2001 e DJ Flawless — vieram a Nova York no dia 27 de junho para se apresentar no evento beneficente organizado pelo THUMP em prol das vítimas do atentado. Antes que a festa tivesse início, o THUMP colou nos DJs para conversar sobre o que a Pulse significou para noite e para comunidade LGBTQ, e sobre como eles estão lidando com a tragédia.

No vídeo acima você pode ver as histórias deles, e fazer doações para o EqualityFlorida's Pulse Victim Fund aqui.

Tradução: Márcio Stockler

Siga o THUMP nas redes Facebook // Soundcloud // Twitter.