Quantcast

Por que Calvin Harris tem tantos hits do verão?

PorRachel KrausTraduzido porThiago “Índio” Silva

Uma análise científica de como o hit-maker sempre domina as paradas de sucesso na temporada de sol, calor e rebolação.

Matéria originalmente publicada no THUMP US.

Oficialmente, o Hit do Verão é uma questão de contabilidade. Todo junho, a Billboard lança uma lista das músicas que mais tocaram na rádio, em streaming e também que mais venderam, mas lógico que o título é maior do que umas contas aqui e ali.

Anualmente, publicações voltadas à música tentam prever quem levará o título de Hit do Verão. O Spotify postou esses sua lista de Essenciais do Verão — canções que podem ser usadas de diversas maneiras ao longo da estação tipo "de boa na piscina" ou "treino de verão". Tamanha variedade complica quando tentamos ser objetivos ao definir quem seria a detentora do título.

Se algum som será coroado como Hit do Verão, tem que ser flexível o bastante para se encaixar em qualquer definição possível de clima quente no mundo ocidental. O verão é uma época de novos amores e bacanais noturnos, mas também pode ser uma época de antipatia solitária suada — naqueles meses de calor tão absurdo que você acha que é melhor ficar sozinho.

É uma tarefa inviável criar uma canção que possa atender a todos os propósitos de um ouvinte. Muito da arte surge de especificidade, mas criar uma canção para o verão requer uma dose de imprecisão. Ninguém entende melhor isso do que o produtor Calvin Harris, cuja obra parece projetada para funcionar em praticamente qualquer situação.

Este ano, o produtor soltou dois singles que encaixam bem na proposta de sucesso geral de veraneio — "Slide" com Frank Ocean e Migos, e " Heatstroke " com participação de Ariana Grande, Pharrell Williams e Young Thug. Ambas fazem parte do futuro disco de Harris, Funk Wav Bounces Vol 1 e combinam refrãos sintetizados pegajosos com batidas simples e animadas. Para citar Grande em Heatstroke, elas te fazem querer "se libertar e se divertir".

Se alguma música poderia tomar para si o título este ano, provavelmente seriam estas duas. Claro, Harris pode não ser o produtor mais aventureiro de todos — mas com pedradas como "Feel So Close" e "This Is What You Came For" no currículo, não dá pra negar que o cara é uma máquina de hits, especialmente quando começa a temporada de festivais.

Assim sendo, nos perguntamos: será que podemos aprender algo com suas produções? Para responder a esta pergunta analisamos a obra de Harris e bolamos uma análise altamente científica que explica o que diabos faz um Hit do Verão funcionar.

1. Uma participação da Rihanna

Ao compor uma música de verão, chame a Rihanna. Tá certo que isso não é muito fácil, mas a galera reage imediatamente à presença da cantora tal como Drake no clipe de "Work". Falando sério: perceba como as criações de Harris sempre tem algum vocal responsa como Ellie Goulding, Ariana Grande ou Frank Ocean.

Não é segredo nenhum que geral pira em colaborações com estrelas pop, a ponto da coisa ter ficado formulaica mesmo, mas se liga: o que importa não é a originalidade e sim a alegria de nosso retorno cíclico a dias melhores e mais quentes, acompanhadas pelas vozes despreocupadas que amamos.
Além do que, a ciência afirma que quanto antes uma faixa entre com vocais, maior a probabilidade de chamar a atenção do ouvinte, fazendo dela um hit (boa sorte aí, galera que faz som ambiente e tal). Se você quer chegar no topo como Calvin Harris, bote a Rihanna pra trabalhar.

2. Letras fáceis de acompanhar

As canções de Calvin Harris sempre tem letras contagiantes e simples o suficiente para todo mundo cantar após ouví-la uma única vez. Leve em consideração este trecho daquela que talvez seja a canção com mais cara de verão de todos os tempos: "Summer".

"When I met you in the summer / To my heartbeat sound / We fell in love / As the leaves turn brown."
Como alguém se apaixona pelo som da batida de um coração? SEI LÁ! Mas "Summer" repete isso até culminar numa série de "Hey" e "Ô" e de repente todo mundo se apaixona por aquele som e ficamos felizes de viver um amor de verão. Eis o PODER de uma letra simples.

3. Um andamento rápido pra te fazer R E Q U E B R A R

Já sabemos que 99,999% dos Hits do Verão tratam de CAIR NA PISTA/SE APAIXONAR NA PISTA/SE ENCONTRAR NA PISTA. Felizmente, para o Sr. Harris, esse é bem o rolê dele mesmo. Ele é o mestre da criação de ápices sonoros que te fazem querer pular, com breves períodos de relaxamento para que você possa pirar de novo.

A estrutura das faixas de Harris tem muitos andamentos acelerados — mas não acelerados demaiso que de acordo com uma análise estatística de hits pop é uma tendência crescente no setor como um todo. De acordo com pesquisa da Universidade Estadual de Ohio, os 10 primeiros singles nas paradas americanas de 1986 a 2016 foram acelerando cada vez mais, com menos tempo gasto com introduções antes de ouvirmos qualquer voz. Tudo isso rola ao passo em que produtores tentam acompanhar uma coisinha: nossa atenção que se perde cada vez mais rapidamente.

4. Familiaridade

Ao longo do verão de 2016, a internet despirocou com o famigerado "millennial whoop", uma melodia de notas alternadas onipresente cheia de ês e ôs. A música, especialmente a música pop, se baseia em padrões, de acordo com o narrador deste vídeo aqui. "Isto faz com que músicas novas soem familiares, porque você essencialmente já ouviu aquilo antes", conclui.

Claro que Calvin Harris sabe disso. "My Way" de 2017 e "Feel So Close" de 2012 contam com acordes que oferecem uma complexidade obscura de mentirinha, que então explodem numa guitarra animadona e repetições, inclusive a progressão de acordes em ambas é quase idêntica. Calvin, seu safadinho!

5. Timing

Calvin Harris gosta de lançar suas melhores faixas com alguns meses de antecedência. "Heatstroke," "Let's Go," e "Summer" saíra em março, "I Need Your Love" e "This Is What You Came For" em abril e "Where Have You Been" em maio.

Este ano ele saiu na frente com "Slide" em fevereiro. Talvez tudo fosse parte de um plano diabólico para sair nas paradas duas vezes já que "Heatstroke" foi lançada ao final de março. Ao dar à suas faixas um tempo, Harris permite que estas sejam associadas àqueles primeiros sopros de climas mais amenos.

***

O que aprendemos então?

Para criar um hit do verão, combine uma vocalista popular com uma batida animada pronta para a pista. Adicione letras simples e sons familiares e deixe marinando por dois meses antes do verão bombar de verdade.

Nem tudo que estoura no verão necessariamente segue a Fórmula Calvin Harris para Hits do Verão™. Mas em meio aos seus sucessos podemos ver os ingredientes de tudo. Além de tais elementos identificáveis, estas músicas capturam uma sensação exclusiva do verão: exuberância, possibilidade e, quem sabe, nostalgia. Hits do Verão são mais que trilhas para o presente — ouví-las te transporta àquela sensação gostosa de sol e pé na areia.